Crônica
fm.simoes@terra.com.br
  • Poemas
  • Crônicas
  • Biografia
  • Fotos
  • Prêmios
  • Produção e Administração



    O SER ESPECIAL


    Outro dia recebi linda mensagem de uma grande amiga que, se não me engano, conheci através de outra boa amiga, a Irene Serra, deste RIO TOTAL. Ela a repassara às pessoas pelas quais tem boa estima.

    É justo que a identifique: Leyla Gomes. Leyla além de uma criatura maravilhosa é excelente poeta. A tal mensagem chegara a ela vinda de uma irmã dela. A mensagem é de autoria desconhecida.

    Fiz questão de usar o sentido das palavras que a compõem numa análise envolvente que de certo alcançará muitas mentes e corações dos amigos e amigas que me lêem. Primeiro vamos à referida mensagem que ela me repassou:

    "Ser especial não é só chegar e arrasar, ser especial é sair e deixar saudades, ser especial é ter um lugar na vida de alguém como você tem na minha, ser especial é simplesmente ser como você... Muitos me perguntam: Onde estão todas as pessoas especiais? Eu respondo: Todas eu não sei; mas uma ta agarrada no celular lendo essa mensagem nesse momento e acabou de dar um lindo sorriso.”

    Alguns realmente consideram que é especial aquela pessoa que chega mandando ver, fazendo barulho, discursando ou cantando, aquela que faz de tudo para aparecer ou se fazer notar. Ledo engano. Ela pode ter até holofotes sobre si, todavia ser especial para alguém como eu e tantos outros é merecer muito mais.

    Quando a mensagem acima diz que “... ser especial é sair e deixar saudades” está definindo corretamente a personalidade, o sorriso, a palavra, a paz, em alguns casos até o amor que a pessoa em referência semeou em sua passagem. Afirmo e assino embaixo.

    As linhas seguintes reafirmam o que eu digo. Quem olha com os olhos do coração uma amizade e a preza tanto pode afirmar que ... “ser especial é ter um lugar na vida de alguém como você tem na minha”...

    Sim, amigos e amigas, ser como você que me lê, me escreve, que me atura, entende meus ais, sofre comigo na dor, sorri comigo nos momentos de felicidade e com certeza estará comigo sempre sem que eu precise pedir sua mão amiga, sua compreensão, sua palavra de consolo. Por isso concordo com a mensagem.

    Reafirmando o sentido que depreendi daquelas doces e sinceras palavras eu me sensibilizei mais ainda quando li o que reafirma aquele conceito: “... ser especial é simplesmente ser como você”. A palavra “você” alcança aqui a todos que podem me querer bem, em especial a quem esteja bem perto de mim e zela por mim todos os dias.

    Mas eu fiquei fascinado com a sensibilidade da autora ou do autor quando a certa altura nos coloca que já lhe perguntaram: “Onde estão todas as pessoas especiais?”
    Sem titubear ela (ou ele) teria respondido: “Todas eu não sei, mas uma tá agarrada no celular lendo essa mensagem nesse momento e acabou de dar um lindo sorriso.”

    Se eu recebo palavras como essas dirigidas realmente a mim venha de quem vier o (ou a) remetente com certeza mora no meu coração. Ninguém pode ser tão linda, tão doce, tão especial e passar despercebida por quem é tão sentimental como eu sou.

    Você, por exemplo, sim você pode se considerar no meu conceito o meu “ser especial”. Sei que nem sempre você acredita, nem sempre você percebe este sentimento, nem sempre você deve colocar o amor como um elo de união e de existência conjunta, mas creia, você é meu “Ser Especial.”

    Sinto-me feliz inclusive por ter sido um dos que receberam aquela linda mensagem. Assim devo agradecer também à amiga Leyla Gomes que a enviou a mim e a outras pessoas de seu relacionamento. Você foi muito generosa comigo, amiga.



    Francisco Simões. (15 de abril de 2016)