Cr�nica
fm.simoes@terra.com.br
  • Poemas
  • Cr�nicas
  • Biografia
  • Fotos
  • Pr�mios
  • Produção e Administração

     

    ATÉ NO CARNAVAL?


    Pelo visto o imbróglio de escândalos neste país ameaça até o Desfile das Escolas de Samba. A vencedora deste ano está levantando acusações de parte da mídia com suspeitas que mancham o título por ela obtido.

    A Escola Beija-Flor teve como tema um país no qual impera uma forte ditadura e o referido presidente esteve presente num dos camarotes conforme fotos divulgadas na imprensa. O tal país é a Guiné Equatorial e a referida ditadura já permanece no poder há quase 40 anos.

    Numa informação no site oficial do referido governo foi desmentido que o país tivesse contribuído com dinheiro, dizem que o fizeram apenas com informações culturais.

    Entretanto depois surgiu outra notícia que torna o assunto muito grave: parece que duas ou três empresas envolvidas no processo conhecido como “Lava-Jato” teriam patrocinado o desfile daquela Escola com cerca de 10 milhões de reais.

    Onde está a verdade? Não sei, mas já há muita suspeita no ar e logo a verdade virá à tona. Cada um tem sua opinião, porém que a denúncia tem um tom de gravidade não há a menor dúvida. Não se trata apenas de briguinha boba entre interesses contrariados, como poderia parecer a alguns, não, a denúncia tem vindo de várias fontes insuspeitas.

    Aliás, eu lembro que a Beija-Flor já foi conhecida no passado como a Escola preferida de ditaduras. Nos anos 70, mais especificamente em 1975, ela desfilou enaltecendo os “grandes feitos da ditadura militar no Brasil”. A pecha pegou por algum tempo e quem tirou este peso dos ombros da Escola foi o saudoso nordestino de imenso talento conhecido como Joãosinho Trinta.

    Este mudou completamente o rumo até dos desfiles no Rio de Janeiro, ou como dizem alguns, ele fez Escola mesmo. Entre tantas iniciativas de sucesso lembro-me bem de quando ele resolveu jogar em nossa cara a verdade que a sociedade hipócrita se recusa a aceitar. Este fato aconteceu no desfile há 25 anos passados.

    Ele teve a ousadia de levar o lixo para a Sapucaí não se esquecendo de colocar uma imensa imagem do Cristo Redentor abençoando a todos. A Igreja Católica na época proibiu que o Cristo desfilasse, e ele inteligentemente cobriu a imagem com um imenso pano preto, mas levou o Cristo no desfile. Inteligência, ousadia, talento e coragem.

    Relembrem algumas imagens daquele desfile criativo entrando por este link. Vejam só algumas das primeiras imagens:
    https://www.google.com.br/search?q=Jo%C3%A3osinho+
    Trinta+e+o+desfile+do+lixo+com+o+Cristo+coberto&espv=2&biw=1242&bih=585&tbm
    =isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=
    _zvmVJWdJsmxggTh0oOgAg&ved=0CBwQsAQ 

    É uma pena que uma Escola como a Beija-Flor que já ganhou se não me engano 15 títulos de campeã (a Portela tem 24) esteja agora envolvida neste episódio lamentável. Esperemos que tudo seja apurado e que em verdade a denúncia não se confirme, mas está difícil. Aguardemos.

    Francisco Simões. (19/Fevereiro/2015)