Cr�nica
fm.simoes@terra.com.br
  • Poemas
  • Cr�nicas
  • Biografia
  • Fotos
  • Pr�mios
  • Produção e Administração

     

    VOLTEMOS AOS TAMBORES


    Pois é minha gente, foi no governo Collor, ainda nos anos 90, que começaram as privatizações em geral, inclusive a da telefonia. No governo FHC elas continuaram e ganharam força. Nos governos seguintes, de Lula e D. Dilma tudo se consumou, se não estou enganado.

    Prometeram-nos que teríamos uma telefonia de primeiro mundo. Grande logro, amigos e amigas. Ouço quase todo dia na rádio CBN, pela manhã, as queixas contra todas as companhias de telefones tanto fixos como celulares.

    O jornalista Otávio Guedes que apresenta um programa das 9:30 ao meio-dia de quando em vez faz uma espécie de “concurso” com as reclamações que lhe chegam e estabelece um ranking das piores operadoras que comandam nossa telefonia em geral.

    Acreditem que não há grandes diferenças entre elas. As queixas tanto se dirigem a VIVO como a OI ou a TIM e a CLARO. Elas se revezam no ranking, mas a incompetência fica demonstrada tanto nas queixas dos ouvintes como mesmo nas ligações de entrevistados naquele horário.

    Nós temos sido vítimas dessas empresas que sabem cobrar, todavia nem sempre nos oferecem o serviço pelo qual pagamos e algumas vezes nos impõem plano que não pedimos. Neste caso me refiro à VIVO. Nestes últimos dois dias NÓS ficamos aqui em casa, em Cabo Frio, bem mais de 24 horas sem linha nos nossos telefones fixos, ambos da OI.

    Pior é que minha esposa tentava falar coma Empresa para saber o que se passava e quando teríamos a linha de volta, mas nem o telefone deles sequer funcionava, não atendiam aos seus clientes. Um absurdo das privatizações brasileiras. Ainda na semana passada outro bairro daqui, o de S. Cristóvão, também ficou sem telefones da OI e eu tinha urgência em falar com oficina do meu carro mas não conseguia. Abuso em cima de abuso e parece que ninguém fiscaliza nada.

    Por coincidência, também nesses últimos dias, como soe ocorrer de quando em vez por aqui, nossos celulares que são da VIVO ora não completavam nenhuma ligação ora sequer tinham rede. Ficamos um bom tempo rigorosamente “mudos” e incomunicáveis.
    Entretanto as propagandas dessas Empresas tentam passar uma imagem de eficiência, presteza, etc, todavia não é bem o que nós, usuários, sentimos em nossos telefones. Até quando isto vai durar não sabemos, entretanto temos certeza de que as contas virão sempre no dia certo, podem crer.

    Por isso julgo ser melhor nós voltarmos a “bater os tambores” já que as Empresas que compraram nossa telefonia em geral parece só se preocuparem com o lucro e os clientes devem ser apenas um detalhes. Muito triste e nós não temos a quem recorrer, o resto é pura balela.


    Francisco Simões. (09/Fevereiro/2015).